1,7 milhões de barris de petróleo serão retirados do mercado

Parece que o acordo da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP) vem dando certo. O fato é que, mesmo com altas e baixas, o petróleo vem subindo. Para se ter uma ideia a cotação do barril da OPEP subiu 20% em dezembro do ano passado, valendo em média 51,67 dólares. O preço médio de 2016 situou-se em 40,76 dólares.

O acordado entre os países participantes da OPEP visa retirar 1,2 milhões de barris por dia do mercado e até mesmo aqueles que não fazem parte da Organização como a Rússia, México e Cazaquistão, por exemplo, aceitaram grande parte da redução, o que fará com que a produção total seja reduzida em 1,758 milhões de barris por dia.

De acordo com cálculo da OPEP, o mundo irá precisar de 32,6 milhões de barris por dia. Foi criada ainda uma comissão a fim de avaliar o compromisso dos países que aceitaram a redução petrolífera, após o acordo.

A torcida é, sem dúvidas, para que o petróleo suba e que em 2017 o objetivo de eliminar o excesso de oferta global seja alcançado. Se você quer mais detalhes sobre o mundo offshore continue interagindo com o Panorama, pois os últimos meses foram suficientes para demonstrar que o portal é a ferramenta ideal para os que precisam e buscam informações e notícias de qualidade sobre petróleo, gás e offshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui. Confira: www.panoramaoffshore.com.br   www.facebook.com/panoramaoffshore

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta