Alibaba e Aramco: Bancos terão que dividir lucro

Documentos divulgados, na última quinta-feira (21), revelaram que 17 bancos vão dividir o pagamento de até US$ 32,3 milhões pela listagem da Alibaba em Hong Kong, que captará até US$ 12,9 bilhões para a gigante chinesa de comércio eletrônico. Já no início desta semana, fontes disseram à Reuters que os bancos que trabalham no IPO (oferta pública inicial) da Saudi Aramco dividirão taxas no valor de 0,35% do valor arrecadado, ou seja, captando US$ 25,6 bilhões, as taxas chegariam a US$ 90 milhões.

Dessa forma, a listagem de US$ 13 bilhões da Alibaba em Hong Kong e a oferta pública inicial de US$ 26 bilhões da Saudi Aramco não vão conseguir oferecer um grande ganho para os banqueiros de ações.

Os números ficam ainda piores em comparação com os US$ 300 milhões que bancos ganharam com o IPO recorde da Alibaba de US$ 25 bilhões em 2014. O pagamento recorde foi de US$ 550 milhões que os bancos ganharam com o IPO de US$ 19,6 bilhões da Visa em Nova York em 2008.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta