Aneel: Parlamentares criticam redução de energia

Após o presidente Jair Bolsonaro declarar ser contra a proposta da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) de taxação de energia solar, deputados da Comissão de Minas e Energia da Câmara também criticaram a intenção da agência.

A proposta, chamada de geração distribuída e colocada em consulta pública, visa reduzir gradualmente os subsídios para os consumidores que geram a própria energia elétrica em suas casas ou estabelecimentos através de painéis solares. As contribuições da sociedade serão aceitas até o dia 30 de novembro.

Segundo resolução de 2012 da Aneel, hoje o consumidor pode realizar a microgeração de energia para consumo ou para injetar de volta na rede de distribuição. Dessa forma, esse excedente fica como crédito e pode ser usado para o abatimento das próximas contas de luz.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta