ANP deve propor calendário de leilões

A Agencia Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP) deve enviar ao governo um calendário de leilões de petróleo para os próximos cinco anos já com indicação prévia de todas as áreas oferecidas. Atualmente a divulgação é feita um ano antes dos leilões.

De acordo com Décio Oddone, diretor da Agência, a intenção é proporcionar as petroleiras um prazo maior para avaliar as oportunidades oferecidas, aumentando assim a competitividade e o preço das áreas. As empresas têm apenas seis meses para analisar as propostas.

Os leilões do petróleo será uma das ações do governo para avançar com o desenvolvimento do país. O secretário de Planejamento e Assuntos Econômicos do Ministério do Planejamento, Marcos Ferrari, disse em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, que as propostas para o setor de óleo e gás podem geram um investimento de R$ 236,1 bilhões para o país.

Se você quer mais detalhes sobre o mundo offshore continue interagindo com o Panorama, pois os últimos meses foram suficientes para demonstrar que o portal é a ferramenta ideal para os que precisam e buscam informações e notícias de qualidade sobre petróleo, gás e offshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui. Confira: www.panoramaoffshore.com.br   www.facebook.com/panoramaoffshore



Deixe uma resposta