Após Covid-19, distribuidoras podem ter sobras de energia

Nesta terça-feira (5), ao participar de transmissão ao vivo promovida pela Associação Brasileira das Indústrias de Base (Abdib), o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, afirmou que distribuidoras de eletricidade podem ficar com cerca de 20% de sobras contratuais de energia neste ano. O resultado seria devido à forte queda no consumo de energia no Brasil, como consequência da pandemia do coronavírus.

“Algumas distribuidoras do Norte do país e do Nordeste preocupam um pouco mais e nós já visualizamos que poderão atingir até 40% de sobrecontratação”, disse o ministro, sem citar o nome das empresas. 

Pelas regras, as distribuidoras podem repassar aos consumidores custos com excedentes de energia de até 5%. A partir desse valor, o resultado da venda das sobras no mercado de energia passa a poder gerar prejuízo direto para as elétricas. Albuquerque também alertou sobre o número de inadimplências que as concessionárias de distribuição têm sofrido, de uma média tradicional de 3% para 12% nos últimos 30 dias.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

7 comentários em “Após Covid-19, distribuidoras podem ter sobras de energia

Deixe uma resposta