Aramco promete reduzir emissões de carbono

Nesta quinta-feira (16), a Bloomberg anunciou que a Saudi Aramco uniu-se outras empresas da Europa e dos Estados Unidos, com o objetivo de começar a reduzir emissões de suas próprias operações. 

Membros da Iniciativa Climática de Petróleo e Gás (OGCI, na sigla em inglês), o grupo de grandes petrolíferas se comprometeram a reduzir a intensidade de carbono de suas operações para 20 kg a 21 kg de dióxido de carbono por barril de petróleo bruto até 2025. O volume representaria redução de 13% em relação aos níveis de 2017.

O ex-CEO da BP e presidente da OGCI, Bob Dudley, disse que a nova meta é “significativa, porque reúne produtores privados e estatais de petróleo em torno de um objetivo comum”. “Não acho que seja uma conquista pequena reunir todas essas empresas – estatais de petróleo, que têm suas próprias pressões, empresas europeias e norte-americanas, que sofrem diferentes pressões do governo e acionistas -, realmente trabalhando juntas, especialmente durante a pandemia”, afirmou.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta