Áreas no Ceará participarão da 15ª Rodada de Licitações da ANP

O Ceará está no mapa geral de exploração do pré-sal. Depois de muita polêmica sobre a possibilidade de existência dessa área, o assunto vem à tona com os recentes leilões promovidos pela Agência Nacional do Petróleo (ANP).

Regiões do litoral do Estado foram selecionadas pela ANP para participar da 15ª Rodada de Licitações – Mar, que pretende outorgar contratos de concessão para exercício das atividades de exploração e produção de petróleo e gás natural em 49 blocos. Nove setores de cinco bacias sedimentares foram selecionados (Campos, Ceará, Potiguar, Santos e Sergipe-Alagoas).

Os modelos e editais de contratos já estão disponíveis e representam a oportunidade para se estabelecer, em um primeiro momento, estudos exploratórios que podem levar até três anos. As empresas interessadas terão de pagar um valor em dinheiro referente à retenção da área e ao plano qualificado para a exploração.

No caso do Ceará, o modelo exploratório chamado de “Nova Fronteira” possui dois setores delimitados e 14 blocos, com uma área total de oferta de 8.390,67 quilômetros quadrados. O pagamento mínimo por quilômetro varia entre R$ 410,71 e R$ 821,42. O edital de licitação dos blocos exploratórios foi publicado no dia 26 de janeiro deste ano e mostra os procedimentos que as empresas devem realizar.

Essa primeira rodada representa a possibilidade de estudos técnicos para confirmar a viabilidade financeira e de lucratividade das áreas. Concluída essa etapa, pode ocorrer a exploração para produção em sete anos.

O governo do Estado aguarda os acontecimentos com certa distância e torce por um resultado positivo.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *