Niterói dobra arrecadação de royalties em maio

Conforme a Panorama Offshore já havia divulgado, parece que a crise financeira que tem assolado a cidade do Rio de Janeiro, não vem afetando Niterói. Até maio deste ano, a receita dos royalties e de participações especiais do petróleo para o município disparou para mais que o dobro em relação a 2016, tendo sido arrecado R$ 247,72 milhões, segundo dados da ANP.

A proximidade com o Campo de Lula, na Bacia de Santos, é o que tem garantido a Niterói cerca de 43% dos royalties, enquanto a cidade do Rio recebe apenas 8%. Atualmente, o Campo de Lula é o maior produtor de petróleo e gás natural do país, sendo responsável por 25% de todo o óleo nacional, com média de 638 mil barris por dia.

Pela primeira vez, os dividendos este ano colocaram Niterói, bem como Maricá, no topo dos municípios que mais receberam recursos de petróleo, passando inclusive, Macaé e Campos dos Goytacazes.

Continue acompanhando a Panorama Offshore e mantenha se informado sobre o mercado de petróleo, gás, energias, gasolina, combustíveis, Petrobras, onshore e offshore. Confira o site da Panorama Offshore e o Facebook e mantenha-se informado sobre o mercado que mais cresce no mundo. Lembre-se: seu negócio passa por aqui. Confira: www.panoramaoffshore.com.br   www.facebook.com/panoramaoffshore.



Deixe uma resposta