Ásia corta compra de petróleo da Arábia Saudita

A oferta abundante de petróleo leve na Arábia Saudita está começando a oferecer prejuízos ao país. Isso porque, com a fartura de abastecimento, os preços do óleo leve e extra leve têm subido em demasia, o que vem gerando a desistência de refinarias no norte da Ásia a comprar o produto vindo da Arábia.

De acordo com informações da Reuters, três refinarias cortaram a compra no mês de março, devido aos preços não competitivos de petróleo com qualidade similar aos vendidos em Abu Dhabi e no Mar do Norte.

Diferente dos membros da Opep e outros países fora do cartel, que se comprometeram a reduzir a produção global do óleo, a Arábia Saudita, atualmente maior exportadora mundial do produto e que também faz parte do acordo, manteve a oferta constante para a maioria dos clientes asiáticos a fim de resguardar sua participação no mercado. Contudo, o país tem se prejudicado por manter a alta nos preços de venda.



Deixe uma resposta