Aumentam as dúvidas referentes ao futuro do gás

Apesar do país ter registrado recordes de importação de GNL (gás natural liquefeito), o alerta referente a possíveis déficits de gás, que inclusive afetariam diretamente a potência energética, aumentou após o governo solicitar autorização para utilizar óleo diesel como combustível nas usinas. Essa mudança tornaria a energia mais cara e geraria maior poluição ao ambiente, motivo que gerou desconfiança em especialistas do setor.

Recentemente, a Petrobras foi apontada como responsável por possíveis problemas de abastecimento após a tomada de algumas decisões, como a paralisação do gasoduto Rota 1, localizado na costa fluminense e responsável por distribuir gás para a região sudeste. Porém, em resposta, a estatal discordou da acusação e informou que a paralisação já estava sendo programada há um ano e que todas as medidas foram tomadas baseadas no melhor desempenho e cumprimentos de responsabilidades com seus clientes.

Fique por dentro do que acontece no mercado de petróleo e gás através da Panorama Offshore e obtenha informações e notícias de qualidade sobre petróleo, gás, energias, pré-sal, biocombustíveis, combustíveis, tecnologias, Petrobras e offshore e onshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui! Confira: www.panoramaoffshore.com.br / www.facebook.com/panoramaoffshore / @panoramaoffshore

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta