Aumento do gás pode ser ainda maior para os consumidores

Conforme a Panorama Offshore já tinha noticiado, o gás liquefeito de petróleo (GLP), mais conhecido como gás de cozinha, teve seu preço reajustado pela Petrobras em 9,8%, no dia 21 de março.

Chegando mais caro às distribuidoras, elas podem repassar ou não o aumento no botijão de gás para os consumidores. O que pode fazer esse preço pesar no bolso do cliente são as alegações das distribuidoras que possuem custo com entrega, frete e engarrafamento.

O último reajuste no botijão de gás ocorreu em 1° de setembro de 2015. A correção atual não se aplica ao GLP destinado a uso industrial.

E se você também quer saber mais sobre o mundo do petróleo, gás, energias, pré-sal, combustíveis, gasolina, Petrobras e offshore, continue nos acompanhando. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui. Confira: www.panoramaoffshore.com.br   www.facebook.com/panoramaoffshore.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta