Aumento no preço do gás assusta consumidores

Mais uma vez, os consumidores de gás de cozinha vêm sofrendo com os aumentos nos preços. O reajuste que foi divulgado pela Petrobras no último mês de junho, dessa vez foi de 5,9% para o gás de cozinha, também conhecido como GLP (gás liquefeito de petróleo), e 4,58% para gás encanado. O botijão de 13kg chegou a custar mais de R$ 100,00 em São Paulo. O reajuste tem ocorrido quase que mensalmente desde o começo do ano e a explicação é simples: o preço do gás acompanha o valor do petróleo, logo, quanto mais o petróleo encarece, maior será o valor desembolsado para comprar o botijão.

As expectativas para a baixa nos preços por enquanto são baixas. O governo até chegou a intervir, zerando alíquota de PIS e Cofins que incide sobre o gás de cozinha, mas as empresas aproveitaram essa oportunidade para ter margem de lucro. Alexandre Borjaili, presidente da Associação Brasileira dos Revendedores de Gás Liquefeito de Petróleo (ASMIRG), disse em março desse ano que “a medida só vai ajudar a aumentar a lucratividade das distribuidoras”.

Continue mantendo-se informado sobre tudo o que acontece no mercado de petróleo, energias, gasolina, combustíveis, Petrobras, onshore e offshore, acompanhando a Panorama Offshore. Lembre-se: seu negócio passa por aqui! Confira: www.panoramaoffshore.com.br   /   www.facebook.com/panoramaoffshore   /  @panoramaoffshore

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta