Biodiesel: setor quer antecipar mistura de 13%

Representantes do setor de biodiesel brasileiro afirmaram nesta terça-feira (28) que a antecipação da mistura de 13% do biocombustível ao diesel, já para 1º de julho, está em negociação com o  governo. Vale lembrar que em março deste ano, a mistura obrigatória de biodiesel no diesel passou de 11% para 12% – o cronograma do governo atualmente prevê a elevação de 1 ponto percentual por ano, atingindo 15% até 2023.

Contudo, na visão do setor, a antecipação da mistura permitiria diminuir os efeitos negativos decorrentes da queda na demanda por energia, por conta do isolamento social para evitar o contágio pelo novo coronavírus. Além disso, por conta da crise, a perspectiva de produção brasileira de biodiesel foi revisada para 6,5 bilhões de litros neste ano, em contrapartida à projeção anterior de 6,9 bilhões de litros. Os dados são da União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene (Ubrabio).

No mais, a Ubrabio ressaltou que a medida permitiria que o país ampliasse a oferta de farelos protéicos, trazendo redução de custos para os produtores de proteínas animais e reduzindo as importações de diesel A.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

2 comentários em “Biodiesel: setor quer antecipar mistura de 13%

Deixe uma resposta