Bolívia quer vender excedente de gás para indústria brasileira

Conforme já noticiado pela Panorama Offshore, após a Petrobras ter reduzido o número de importação de gás da Bolívia em 45%, o ministro de Hidrocarboneto boliviano Luis Alberto Sánchez Fernández informou que o excedente poderá ser negociado com outros clientes no Brasil como as termelétricas, por exemplo.

O ministro boliviano informou ainda que a Petrobras importa entre 28 a 30 milhões de metros cúbicos (m³) de gás da Bolívia por dia, mas atualmente esse volume está em 15 milhões de m³/dia.

Segundo a Agência Brasil, o Ministério de Minas e Energia Fernando Coelho Filho disse que não vai se opor à venda do excedente de gás da Bolívia e vai dar todo o suporte necessário para a negociação com os agentes privados.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta