Brasil poderá iniciar exploração em reservas minerais de xisto

Um projeto piloto de exploração não convencional de petróleo e gás do Ministério de Minas e Energia deve ser lançado em breve na Região Nordeste do País. Os detalhes do projeto que tem o objetivo de extrair, de forma controlada, as reservas minerais de xisto – tradução de shale oil e o shale gas – no Recôncavo Baiano e na Bacia do Parnaiba, devem ser divulgados no dia 28 de novembro01.

Para a extração do óleo, deve ser utilizada uma tecnologia conhecida como fracking, técnica que já foi amplamente utilizada nos Estados Unidos, mas atualmente é proibida. Isso porque segundo ambientalistas, são utilizadas grandes quantidades de água com solvente para quebras as rochas onde estão o óleo e gás e, após a fragmentação, os rejeitos que ficam no terreno podem contaminar os lenções freáticos. Contudo, Décio Oddone, presidente da ANP, acredita que o projeto tem grande potencial para gerar investimentos.

Ficamos no aguardo das cenas dos próximos capítulos. Continue acompanhando a Panorama Offshore e mantenha-se informado sobre o mercado de petróleo, gás, energias, pré-sal, combustíveis, automação, Petrobras e offshore. Continue nos acompanhando. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui! Confira: www.panoramaoffshore.com.br e  www.facebook.com/panoramaoffshore.



2 comentários em “Brasil poderá iniciar exploração em reservas minerais de xisto

  • 1 de novembro de 2017 em 17:34
    Permalink

    É necessário ter cautela pois após a fragmentação, os rejeitos que ficam no terreno podem contaminar os lenções freáticos…

  • Pingback:

Deixe uma resposta