Brasil teve queda na produção de petróleo

A produção nacional de petróleo decaiu no mês de julho para 2,572 milhões de barris/dia, com uma variação de -0,68% comparando com junho, quando foi produzido cerca de 2,589 milhões de barris/dia. A Bacia de Santos quase bateu o recorde em julho, com 1.298.413 barris/dia de petróleo, porém os resultados não foram satisfatórios para poder amenizar a perda de outras bacias, principalmente de Campos.

Comparando ao mês de junho, a Bacia de Santos realizou a produção de 2,35% a mais de petróleo, subindo para 1,289 milhão de barris por dia. Já a de Campos, teve sua produção menor com cerca de 3,75% passando para 1,128 milhão de barris por dia, resultando na perda de 44 mil barris/dia. A soma das outras bacias também caiu 2,42% para 145 mil barris/dia.

Já o Campo de Mero, localizado no bloco de Libra manteve sua produtividade em alta, com a produção de 38 mil barris/dia. O Campo de Atlanta, que já possui três meses de operação e é o primeiro projeto realizado pela Queiroz Galvão (QGEP), gerou 13 mil barris/dia, com alta de 5,3%.

Fique atualizado sobre tudo o que acontece no mercado de petróleo, gás, energia, gasolina, combustíveis, Petrobras, onshore e offshore. Basta acessar o portal da Panorama Offshore. Lembre-se: seu negócio passa por aqui! Acesse: www.panoramaoffshore.com.br ou www.facebook.com.br/panoramaoffshore



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *