Castello Branco desaprova lei de conteúdo local

O Projeto de Lei (PL 7401/2017), que tramita na Câmara dos Deputados com o objetivo de reestruturar as regras de conteúdo local do setor de petróleo e gás, foi criticado pelo presidente de Petrobras, Roberto Castello Branco. Em seminário “Reavaliação do Risco Brasil”, organizado pelo Centro de Economia Mundial (CEM) da Fundação Getulio Vargas (FGV), no Rio de Janeiro, ele afirmou que o texto é “um enorme retrocesso”.

Segundo o presidente, a proposta contribui para fechar a economia e a distribuição de renda. Além disso, a forma como foi aplicada não desenvolveu a indústria local, não teve critérios técnicos, nem prazo de vigência e exigências de contrapartidas.

Por um outro lado, Castello Branco elogiou o trabalho do diretor-geral da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), Décio Oddone, mas alegou que é preciso melhorar ainda mais as regras.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta