Centro de pesquisas de petróleo da Unicamp receberá investimento de R$ 50 milhões

Um novo centro de pesquisas ligadas ao petróleo (Cepetro) foi aberto na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) fevereiro deste ano. A instituição venceu o edital criado a partir do acordo de cooperação feito entre a Fundação de Amparo à Pesquisa (Fapesp) e a estatal norueguesa Equinor, da área de energia. O projeto injetará R$ 25 milhões na faculdade nos cinco anos primeiros anos e o mesmo valor no quinquênio seguinte.

Segundo informações do diretor do Centro de Estudo de Petróleo (Cepetro), Denis Schiozer, o projeto tem o intuito de produzir petróleo de forma sustentável com soluções inovadoras no descarte do CO2 (gás carbônico), que poderá ser usado no aumento da produção de petróleo, além do uso sustentável da água produzida junto ao óleo.

O Cepetro assinou mais de R$ 120 milhões em projetos no último ano, em várias áreas de conhecimento ligadas ao setor de petróleo e gás. Existe ainda um acordo que prevê mais R$ 25 milhões nos cinco anos posteriores.

Algumas atividades já foram iniciadas no Cepetro, no entanto, o funcionamento integral deve ocorrer em pouco mais de um ano. O Centro conta com laboratórios e envolve 12 professores em espaços para acomodar projetos no setor. Cada professor tem o apoio de pelo menos 60 pessoas envolvidas, incluindo pesquisadores e estudantes de pós-graduação. A iniciativa também é positiva para a Unicamp, que prevê um déficit orçamentário de R$ 169 milhões.

Confira notícias importantes no mercado de petróleo, gás, energias, gasolina, combustíveis, Petrobras, onshore e offshore, no portal da Panorama Offshore. Lembre-se: seu negócio passa por aqui! Confira em: www.panoramaoffshore.com.br, www.facebook.com/panoramaoffshore e Instagram @panoramaoffshore.



Deixe uma resposta