Em greve, petroleiros já tem salários descontados

De acordo com um documento interno da Petrobras visto pela Reuters, a estatal já aplicou o primeiro desconto de salário aos trabalhadores grevistas no adiantamento do dia 10. O próximo pagamento, no dia 21, deve ter um novo desconto dos dias que não foram trabalhados.

“Caso o empregado retorne ao seu posto de trabalho, a companhia fará um contracheque de ajuste na primeira oportunidade possível para pagar os dias trabalhados a partir do retorno”, afirmou a empresa, que explicou a causa dos descontos: “como já informamos, o desconto será realizado porque não houve a contraprestação do serviço, ou seja, os empregados não realizaram o trabalho para o qual são contratados”.

Segundo a estatal, as unidades estão operando em condições adequadas de segurança, com reforço de equipes de contingência e a greve ainda não afetou a produção. As entregas de produtos ao mercado também seguem normais.

O movimento da greve dos petroleiros começou no dia 1º de fevereiro, contra demissões em uma fábrica de fertilizantes da Petrobras, localizada no Paraná, e segue acontecendo. Já são 102 unidades envolvidas no movimento, em 13 Estados, e com mais de 20 mil empregados mobilizados.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta