Como ocorre a produção P&G na Petrobras?

Não é novidade que a Petrobras é uma das principais empresas existentes no Brasil, e se tornou também uma grande referência internacional, mesmo passando por algumas crises. A estatal brasileira é especialista na exploração e produção de petróleo e gás natural e movimenta fortemente a economia. Por isso, é necessário que entendamos, ao menos, minimamente como isso ocorre.

A exploração e a produção de petróleo e gás natural são as atividades centrais da Petrobras. Assim, a empresa está sempre em busca de aumentar suas reservas e desenvolver ações de produção de forma a suprir a crescente demanda por energia no país. Seguindo essa linha, é possível analisar a grande capacidade da empresa através da exploração nas águas profundas da Bacia de Campos, por exemplo, iniciada desde a década de 70, quando a tecnologia ainda não estava no patamar dos dias atuais. Dessa forma, a estatal se especializou e, hoje, a produção do pré-sal em águas profundas já é uma realidade, atividade que também possibilita uma renda considerável para diversos funcionários.

A maioria das reservas de petróleo da Petrobras está em campos marítimos, o que faz com que as perfurações atinjam profundidades cada vez maiores. Dessa forma, atuando em áreas de pré e pós-sal, a empresa está sempre buscando investir. Exemplo disso são os novos sistemas de produção que entraram em operação recentemente, sendo seis no pré-sal (P-74, P-75, P-76 e P-77), no campo de Búzios (P-69) e no campo de Lula P-67, sem contar no FPSO Cidade de Campos dos Goytacazes, no campo de Tartaruga Verde, na Bacia de Campos. Por fim, até o ano de 2023, a Petrobras planeja investir, ainda, cerca de US$ 68,8 bilhões em exploração e produção de petróleo e gás natural.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Um comentário em “Como ocorre a produção P&G na Petrobras?

Deixe uma resposta