Como se tornar um enfermeiro do setor offshore

O mercado offshore tem crescido muito e cada vez mais vem sendo necessário encontrar funcionários competentes para executar os trabalhos em alto mar, tanto na parte técnica, como na área da saúde. Por isso, é de grande importância ter uma boa qualificação para se tornar um enfermeiro no setor offshore.

O profissional da saúde é responsável por cuidar dos demais trabalhadores dentro das plataformas, visto que ficam muitos dias ou meses embarcados. Para trabalhar como enfermeiro offshore são necessários alguns cursos que não são exigidos em hospitais.

Cursos:

CBSP (Curso Básico de Sobrevivência em Plataforma) – Este curso é o mais rápido e tem duração de uma semana. É obrigatório, e compreende as noções como os de primeiros socorros e sobrevivência em alto.

ITLS (Suporte à Vida em Situações de Trauma) – Este é o mais importante. Nele há certificado internacional que é uma exigência feita pelas empresas para todos os profissionais da área de saúde de nível superior e que vão trabalhar em alto mar.

HUET (Treinamento para Escape de Aeronave Submersa, sigla em inglês) – É um curso importante, pois o transporte para as plataformas é feito através dos helicópteros, mas não tem tanto peso como os outros dois cursos.

O mercado offshore é muito concorrido, tem ótima remuneração e exige grandes experiências, por isso, é importante se especializar e se tornar um referencial de profissional para atuar nesta área.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:


Deixe uma resposta