Conta de luz ficará mais cara a partir de junho

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou bandeira tarifária vermelha no segundo patamar nas contas de luz a partir de junho. O motivo do aumento é a forte seca na região das hidrelétricas. O anúncio foi feito pela Aneel na última sexta-feira (28).

Vale lembrar que a bandeira vermelha no segundo patamar é a mais alta do mecanismo de cobranças tarifárias da agência, e representa uma cobrança extra de R$ 6,243 para cada 100 quilowatts-hora consumidos na conta de energia elétrica. É importante lembrar que a bandeira vermelha já estava sendo aplicada durante o mês de maio, mas em um valor mais baixo, no primeiro patamar.

Ainda segundo a Aneel, o período úmido 2020-2021 registrou a pior entrada de água no reservatório das hidrelétricas da História do SIN, que é medido desde 1931. Esse cenário indica a necessidade de acionar mais usinas térmicas, que são mais caras, o que acarreta no encarecimento da conta de energia para os consumidores.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta