Cortes da Opep ficaram acima da meta estabelecida

Parece que o acordo feito entre os países membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) está indo de vento e popa. Em fevereiro o corte de produção de petróleo entre o cartel alcançou 140% da meta prometida, enquanto os outros países de fora do grupo cumpriram entre 50 e 60% do acordado.

A informação foi dada pelo ministro do petróleo do Kuweit, Essam Al-Marzouq, que descreveu a adesão dos páises da Opep como “excelente”, enquanto dos de fora do cartel como “aceitável”. Marzouq atribuiu a boa adesão a um profundo corte pela Arábia Saudita, que voluntariamente reduziu mais do que o proposto de forma a aumentar a confiança no acordo.

Conforme a Panorama Offshore vem noticiando, os membros da Opep estabeleceram no fim e 2016 um acordo de redução de produção em 1,2 milhão de bpd, a partir e 1º de janeiro de 2017, a fim de enxugar a oferta global e valorizar os commodities. Os resultados dos primeiros cortes têm deixado os níveis dos preços do petróleo mais estáveis.

Se você quer mais detalhes sobre o mundo offshore continue interagindo com o Panorama, pois os últimos meses foram suficientes para demonstrar que o portal é a ferramenta ideal para os que precisam e buscam informações e notícias de qualidade sobre petróleo, gás e offshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui. Confira: www.panoramaoffshore.com.br   www.facebook.com/panoramaoffshore



Deixe uma resposta