Crise: Shell fará baixa contábil de até US$ 22 bi

Nesta terça-feira (22), a petroleira Shell anunciou que fará uma baixa contábil de ativos no valor de até 22 bilhões de dólares. O motivo seria a crise de coronavírus que atingiu a demanda por petróleo e gás, e enfraqueceu os preços.

Vale lembrar que, há pouco tempo, a companhia decidiu apostar na transição energética e reduzir suas emissões de carbono a zero até o ano de 2050. O anúncio foi feito pelo presidente da empresa em abril deste ano.

Por conta das restrições mundiais de locomoção que visaram reduzir a contaminação pelo vírus, cerca de 4 bilhões de pessoas tiveram suas viagens afetadas. Esse fator resultou também na retirada de automóveis e aviões dos trajetos, reduzindo a demanda por combustíveis.

Dessa forma, a Shell, líder global de vendas de combustíveis, disse esperar queda de 40% nas vendas do segundo trimestre em comparação ao mesmo período de 2019.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta