Demanda do gás pode ser reflexo de crise hídrica

Com a alta na demanda do gás, a Petrobras chegou a importar 42 milhões de m³ GNL (gás natural liquefeito) de um estoque de 109 milhões de m³ por dia. Especialistas acreditam que o crescimento do índice de importação do material é indício de piora da crise hídrica, já que o recurso é usado nas usinas térmicas de geração de energia. A demanda energética vem crescendo com o momento de recuperação industrial.

Em nota, o ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico), informou que “o forte aumento que vem sendo observado nas atividades do comércio e serviços, associado à manutenção do ritmo elevado da produção indústria, tem se refletido sobre desempenho da carga dos subsistema Sudeste/Centro-Oeste e Sul”. No mês passado, o SIN (Sistema Interligado Nacional) registrou alta de 8,1% na demanda de energia.

Fique por dentro do que acontece no mercado de petróleo e gás através da Panorama Offshore e obtenha informações e notícias de qualidade sobre petróleo, gás, energias, pré-sal, biocombustíveis, combustíveis, tecnologias, Petrobras e offshore e onshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui! Confira: www.panoramaoffshore.com.br / www.facebook.com/panoramaoffshore / @panoramaoffshore

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta