Depois de altas, barril do petróleo fecha em queda

Os preços do petróleo fecharam em baixa após sessão volátil nesta quarta-feira (16), à medida que o mercado deu mais importância para um aumento maior do que o esperado nos estoques dos Estados Unidos do que para comentários da Rússia sobre uma possível reunião com a Arábia Saudita que renovou esperanças por um acordo de congelamento de produção.

O petróleo Brent encerrou em queda de 0,32 dólar, ou 0,7%, a US$ 46,63 por barril, enquanto o petróleo dos EUA caiu 0,24 dólar, ou 0,5%, a US$ 45,57 por barril.

A queda ocorreu após uma alta de quase 6% na terça-feira por notícias de que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) iria intensificar esforços para restringir a produção antes de sua reunião oficial em Viena.

A Rússia disse que estava pronta para apoiar a decisão da Opep sobre um congelamento de produção e que vê grandes chances de o grupo produtor concordar sobre detalhes do pacto até 30 de novembro, disse o ministro de Energia russo, Alexander Novak.

Enquanto isso, a Administração de Informação de Energia (AIE) informou que os estoques de petróleo cresceram pela terceira semana consecutiva e mais do que o esperado, em 5,3 milhões de barris, na última semana. Analistas previam aumento de 1,5 milhão de barris.

Fonte: G1

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta