Elevado o rating da Petrobras

A Moody’s informou que elevou a nota de crédito da Petrobras em um nível, de Ba3 para Ba2. A perspectiva foi mantida como estável. A ação acontece logo após a agência reafirmar a nota de crédito do Brasil e melhorar a perspectiva de negativa para estável, anunciada mais cedo.

Segundo a Moody’s, a decisão também reflete as “contínuas melhoras na posição de liquidez da estatal e a redução de sua alavancagem”. “A Petrobras mostrou ter disciplina em competir por lucratividade no mercado de combustíveis local e em melhorar suas políticas financeiras”.

A agência destacou também que a estatal teve capacidade de refinanciar suas dívidas, o que “reduziu o peso de seus compromissos financeiros no curto prazo”. “A companhia também contraiu crédito de US$ 4,35 bilhões, fortalecendo sua posição de liquidez”, informa o relatório da Moody’s.

Com a ação da Moody’s, a petroleira passa a ter a mesma classificação do rating brasileiro, atualmente em Ba2. Anteriormente, a Petrobras estava um degrau abaixo da avaliação da nota de crédito do Brasil.

A Moody’s é uma das 3 maiores agências de classificação de riscos, instituções que avaliam as contas de países e empresas e atribuem uma nota de crédito. Quanto melhor a nota, mais seguro é o investimento – e consequentemente menor será o juro cobrado pelos investidores para, por exemplo, investir em títulos de dívida de um país.

Continue acopanhando tudo o que acontece no mercado de petróleo e gás através da Panorama Offshore e obtenha informações e notícias de qualidade sobre petróleo, gás, energias, pré-sal, biocombustíveis, combustíveis, gasolina, Petrobras e offshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui. Confira: www.panoramaoffshore.com.br www.facebook.com/panoramaoffshore.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta