Em meio à crise, Niterói se destaca por arrecadação de royalties

Em meio à crise que assola o Brasil, em especial o estado do Rio de Janeiro, Niterói vem na contramão dos municípios que tiveram diminuição em arrecadação de royalties. Boa parte do dinheiro que entra na cidade, oriundo dos royalties, vem do Campo de Lula, na Bacia de Santos.

Segundo dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP), nos últimos seis anos, ao contrário da maior parte dos municípios petroleiros, o valor arrecadado pela cidade em royalties quase quintuplicou. Só em 2016 a cidade recebeu R$ 294,8 milhões de reais.

Além do dinheiro dos royalties, a cidade recebe também valor em participação especial, que é uma compensação financeira extraordinária paga pelas empresas que atuam em exploração e produção e que se aplica somente para campos de grande volume.

A tendência é que os números bons se mantenham para o município de Niterói em 2017. Continue acompanhando o portal Panorama Offshore e obtenha informações e notícias de qualidade sobre o mercado de petróleo, gás, energias, gasolina, combustíveis, Petrobras, onshore e offshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui. Confira: www.panoramaoffshore.com.br   www.facebook.com/panoramaoffshore.



Deixe uma resposta