Empresa italiana demite cerca de dois mil funcionários no Paraná

A multinacional italiana Techint demitiu aproximadamente dois mil funcionários e prejudicou a economia do município Pontal do Paraná, por estar encerrando a construção da plataforma P-76 para a Petrobras no litoral do Estado. O projeto teve início em 2014 e tem previsão de começar as operações no primeiro trimestre de 2019.

No início das obras a empresa havia contratado cinco mil pessoas, mas conforme se aproximava a data de entrega o número de profissionais diminuiu. Segundo a Techint, ao longo da construção a companhia contratou cerca de 9,4 mil trabalhadores diretos e ofertou capacitação profissional para 1,5 mil funcionários.

A empresa italiana, alegou que investiu em projetos sociais e em reformas nas escolas do município paranaense. Para o presidente da Associação Comercial de Pontal do Paraná (Acipar), Gilberto Espinosa, o cenário só não está pior por causa do gasto da indenização dos trabalhadores que foram dispensados, mas a cidade está em estado deplorável e que faltou investimentos na educação, saúde e segurança.

Quer mais informações? Confira o portal da Panorama Offshore e fique ligado nas notícias sobre petróleo, gás, energia, biocombustíveis, onshore e offshore. Lembre-se: seu negócio passa por aqui! Acesse: www.panoramaoffshore.com.br e www.facebook.com/panoramaoffshore.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *