Empresas lançam pivô acionado por energia solar

Um mês após a aquisição da Solbras pela Valmont Industries, as empresas anunciaram que os testes para o lançamento de um pivô central acionado exclusivamente por energia solar já foram finalizados e aprovados. A inovação tem como objetivo ampliar as áreas irrigadas no mundo, possibilitando o uso da tecnologia em locais sem acesso à rede elétrica.

O piloto foi implementado em Minas Gerais, onde uma usina fotovoltaica foi instalada para o teste. Com potência de 128 kWp, o sistema alimenta um pivô capaz de irrigar 96,4 hectares por uma média de 6 a 8 horas/dia.

“Estamos apresentando o fruto de um trabalho arrojado das duas empresas. Afinal, a potência envolvida no acionamento dos pivôs é alta e a fonte solar é intermitente, o que poderia tornar o funcionamento do pivô um pouco instável. No entanto, o dimensionamento correto do sistema fez com que o pivô entregasse todos os parâmetros exigidos para a irrigação”, afirmou o Diretor de Operações da Solbras, Fábio Mucin.

A novidade deve ser utilizada em locais onde a logística de diesel é difícil e cara, já que a conjugação com outras fontes de energia alternativas pode ser uma boa opção para permitir a constância da irrigação.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta