Energia solar aparece em ranking pela primeira vez

Pela primeira vez, uma empresa do setor de energia fotovoltaica foi reconhecida no prêmio Valor 1000, realizado pelo Valor em parceria com a Serasa Experian e com a Escola de Administração de Empresas de São Paulo (FGV EAESP), que escolhe as 25 melhores empresas em seus setores de atuação. A 20ª edição do prêmio aconteceu nesta semana, e classificou a Aldo, líder em soluções para a geração de energia solar no Brasil, como a melhor empresa do país no setor Comércio Atacadista e Exterior.

A empresa subiu 394 posições em relação ao ranking do ano passado, mostrando o crescimento da indústria solar no Brasil. De acordo com dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), nos primeiros cinco meses de 2020, mesmo com os impactos da pandemia, o setor de energia solar gerou mais de 37 mil empregos no Brasil. Somente em maio, foram criados 7,2 mil postos de trabalho, trazendo R$ 1 bilhão em investimentos e mais de R$ 424,5 milhões aos cofres públicos.

A Aldo, por sua vez, é a companhia que mais cresce no segmento, sendo responsável pela comercialização de 100 mil geradores nos últimos quatro anos, de um total de 300 mil sistemas existentes no país, de acordo com a ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica).

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta