Engenheiros projetam navio movido a células de hidrogênio

Os engenheiros de um laboratório localizado nos EUA, o Sandia National Laboratories, elaboraram um projeto de um navio de pesquisa movido a base de energia elétrica, gerada por células de combustível a hidrogênio, chamado de Zero-V. Segundo a equipe, o navio é menos poluente, mais silencioso e mais limpo do que os navios a combustível, além de ser economicamente viável.

O Zero-V ganhou esse nome por ser uma embarcação de emissões de gases zero. De acordo com o cientista Lennie Klebanoff, “é impossível ter derramamento de hidrogênio poluente na água”, diferentemente do que acontece com os combustíveis. Mais flutuante que o gás hélio, o hidrogênio sobe e acaba escapando para o espaço sideral.

As células de combustível geram água tão pura que a tripulação do navio pode bebê-la, se condicionada, ou até mesmo usá-la para experimentos científicos, reduzindo a necessidade de dessalinizar a água do mar, que atualmente consome grandes quantidades de energia. Além disso, as células são dispositivos elétricos, possuindo potência mais rápida do que as de motores de combustão interna.

Como todo projeto requer um custo para ser realizado, o Zero-V aguarda por um financiamento para ser construído. Em comparação aos navios movidos a diesel, a embarcação tem preço semelhante, mas seriam gastos cerca de 7% a mais para operar e manter. Por se tratar de um avanço tecnológico que irá refletir positivamente na preservação do meio ambiente, além de proporcionar conhecimentos por meio de pesquisas científicas, a expectativa é de que haja investimento para que esse estudo seja materializado.

Fique por dentro de tudo o que acontece no mercado de petróleo e gás, através da Panorama Offshore, além de notícias sobre, energias, pré-sal, biocombustíveis, combustíveis, gasolina, Petrobras, offshore e onshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui! Confira: www.panoramaoffshore.com.br e www.facebook.com/panoramaoffshore



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *