Equador deixará Opep a partir de 2020

O Equador anunciou, nesta terça-feira (1), que deixará a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) a partir de 1º de janeiro de 2020. O Ministério de Energia e Recursos Naturais Não renováveis do país alegou que a medida é relacionada à “sustentabilidade fiscal” e que é baseada no plano do governo, que almeja a redução de gastos públicos e a geração de novas receitas.

O comunicado informou que o país manterá os laços formados com os países integrantes da OPEP, continuará a apoiar os esforços para estabilizar o mercado petrolífero mundial e as ações implementadas por entidades e países, para garantir o “acesso equitativo à energia”.

O Equador ingressou na OPEP em 1973. Dezenove anos depois, em 1992, ele suspendeu voluntariamente sua associação e a renovou novamente em 2007.

Você encontra as principais notícias dos mercados de petróleo, gás, energia, biocombustíveis, tecnologia, onshore e offshore. Lembre-se: seu negócio passa por aqui! Acesse: www.panoramaoffshore.com.brwww.facebook.com/panoramaoffshorewww.instagram.com.br/panoramaoffshore

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

4 comentários em “Equador deixará Opep a partir de 2020

Deixe uma resposta