Equador não cumprirá acordo da Opep

Por conta de problemas financeiros o Equador, membro da Opep, não mais participará do pacto de cortes e ainda pretende aumentar sua produção de petróleo gradualmente este ano. A informação é do ministro do petróleo do país, Carlos Peres.

De acordo com o ministro, o país está com déficit fiscal que chegará a 7,5% de seu PIB este ano, sem contar que teve uma redução nas arrecadações devido à queda global do preço do barril. Antes de informar que não participará mais do pacto, o Equador havia cumprido 60% dos cortes da Opep, colocando a produção atual em 545 mil barris por dia (bpd).

O país sul-americano havia concordado em contribuir com uma redução de 26 mil barris por dia em sua produção de petróleo, mas por conta de necessidades financeiras só conseguiram reduzir 16 mil bpd.

Mantenha-se sempre informado com notícias sobre tudo o que acontece no mercado de petróleo, gás, energias, gasolina, combustíveis, Petrobras, onshore e offshore. Não deixe de acessar o portal da Panorama Offshore. Seu negócio passa por aqui. Confira: www.panoramaoffshore.com.br.



Deixe uma resposta