Equinor e Modec planejam a maior FPSO brasileira

Na última quinta-feira (30), a petroleira norueguesa Equinor informou que contratou a Modec para fornecer a FPSO (unidade flutuante de produção, armazenamento e transferência) que será utilizada para a produção petrolífera no campo de Bacalhau, no pré-sal da Bacia de Santos.

Essa será a maior plataforma a operar no Brasil com uma capacidade de produção de 220 mil bpd de petróleo e 15 milhões de m³/dia de gás natural. O campo de Carcará foi o primeiro grande ativo da área do pré-sal a ser vendido pela Petrobras em 2016. A estatal vendeu sua participação de 66% por US$ 2,5 bi à Equinor.

A vice-presidente executiva de Desenvolvimento e Produção da Equinor Brasil, Margareth Øvrum, falou sobre a contratação: “Bacalhau é um ativo de classe mundial no pré-sal brasileiro. O Brasil é uma área central de crescimento para a Equinor e a empresa tem a ambição de produzir de 300 a 500 mil barris por dia no Brasil até 2030. Bacalhau será um importante colaborador para alcançar esse objetivo”.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta