Equinor planeja corte de custos de US$ 3 bilhões

Nesta quarta-feira (25), a Reuters informou que diante do quadro de pandemia e preços baixos do petróleo, a norueguesa Equinor anunciou que planeja cortar investimentos, perfurações exploratórias e custos operacionais em cerca de 3 bilhões de dólares. A petroleira já tinha suspendido um programa de recompra de ações de 5 bilhões de dólares e irá postergar perfurações em terra nos Estados Unidos, onde investiu bilhões nos últimos anos.

Segundo o comunicado divulgado pela Equinor, as novas medidas permitirão que as operações da companhia tenham um fluxo de caixa neutro em 2020 em caso de preços médios do petróleo de cerca de 25 dólares por barril. “Nós estamos agora tomando ações para fortalecer ainda mais nossa resiliência nessa situação”, disse o CEO, Eldar Saetre. 

Outras grande petroleiras como a Saudi Aramco e Shell também já anunciaram medidas para enfrentar a crise mundial. Os cortes de cinco gigantes do setor, incluindo a norueguesa, somam 19 bilhões de dólares, com queda de 18% ante os investimentos inicialmente planejados por elas, de 106 bilhões de dólares.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

2 comentários em “Equinor planeja corte de custos de US$ 3 bilhões

Deixe uma resposta