Escândalo presidencial no Brasil. E o petróleo como fica?

A crise, tanto política quanto econômica, pela qual o Brasil passa parece ficar cada vez mais profunda, visto que a cada semana aparecem novos escândalos na mídia. Dessa vez, foi a revelação de uma gravação do grupo JBS, na qual uma conversa do presidente Michel Temer supostamente daria o aval para a compra do silêncio do ex-deputado preso Eduardo Cunha. Os registros dos áudios ainda não foram revelados, no entanto, falam-se no Planalto em renúncia e impeachment.

Diante de todo esse escândalo a pergunta que o Panorama Offshore faz é: como o petróleo fica? Se um país está desestabilizado, com sua economia defasada, o “ouro negro” poderia ser uma saída para aliviar a crise brasileira, mas com a política tomando os rumos atuais, qual será o resultado para a geração de novos empregos derivados da área de petróleo e gás?

Será que chegou a vez das pequenas e médias empresas entrarem em ação no Brasil, visto que após a Lava-Jato grandes construtoras entraram em crise após a Operação.

O Brasil vem criando bases para a expansão das operações de exploração de petróleo, especialmente após o governo ter criado um calendário de leilões até 2019 para atrair investidores. O fato aconteceu depois do Brasil ficar seis anos sem realizar esses certames.

Conforme a Panorama Offshore vem acompanhando e noticiando, este ano de 2017 pode ser considerado como um maçarico, tímido porém que ainda produz uma chama, a fim de esquentar o mercado de óleo e gás, bem como os preços da commodity no Brasil e no mundo.

Resta agora continuar acompanhando as reviravoltas políticas a fim de saber como elas irão influenciar a indústria do petróleo tupiniquim. O Brasil quer recuperação, mas será que antes desse reestabelecimento não seria a hora de limpar a casa?

Mantenha-se informado sobre o mercado de petróleo, gás, energias, gasolina, combustíveis, Petrobras, onshore e offshore você também. Acesse o site da Panorama Offshore ou o Facebook.  Lembre-se: seu negócio passa por aqui. Confira: www.panoramaoffshore.com.br   www.facebook.com/panoramaoffshore.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta