Estados e municípios vão receber R$4 bilhões

O velho ditado de bobo e de louco todo mundo tem um pouco, não se aplicado ao presidente Michel Miguel Elias Temer Lulia. No domingo, ele sancionou projeto de lei que vai distribuir aproximadamente R$4 bilhões a estados e município, recursos advindos dos bons resultados de petróleo e gás natural brasileiros.

De bobo não tem nada com uma rejeição popular maior que 70%, às vésperas das eleições, mês de outubro, o presidente impopular maneja e se esforça costurando acordos para manter influência no jogo eleitoral. O repasse é estratégico e numa rede social disse que o dinheiro vai “beneficiar a população brasileira”.

Num lado, Temer, o ‘temerário’, impulsiona às estatais à privatização, e no outro faz manobras. Em seu Twitter, ele disse “sancionei neste domingo projeto de lei do governo que distribui mais de R$ 4 bilhões para estados e municípios como resultado das compensações financeiras pela produção de petróleo e gás natural. Estes recursos irão beneficiar a população brasileira”.

O presidente também sancionou no domingo o projeto de lei que altera recursos do orçamento para cobrir o “calote da Venezuela e de Moçambique com o BNDES e o Credit Suisse, com a abertura de crédito de quase R$1,2 bilhão. Esse remanejamento acontecerá após o cancelamento na previsão de gastos do Fundo do Amparo ao Trabalhador – FAT e com o seguro desemprego na ordem de R$1,164 bilhão.

Temer manipula e compra visando sua reeleição que está no fundo do poço. E se não for, quer manter-se no Poder do jogo eleitoral sob seu comando hoje. O que acontece no mercado de petróleo e gás através da Panorama Offshore e obtenha informações e notícias de qualidade sobre petróleo, gás, energias, pré-sal, biocombustíveis, combustíveis, gasolina, Petrobras e offshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui. Confira: www.panoramaoffshore.com.br e www.facebook.com/panoramaoffshore.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *