Estados Unidos propõe venda de metade das reservas de petróleo e gasolina

A Casa Branca está decidindo sobre a venda de metade das reservas estratégicas de petróleo (SPR) e a de toda gasolina, com isso, o governo americano pretende reduzir a dívida nacional. Com a abertura do Refúgio Nacional Ártico da Vida Selvagem à exploração de petróleo, o fim do compartilhamento dos royalties de petróleo com os Estados da costa do Golfo do México e a venda de linhas de transmissão de energia na região oeste, os Estados Unidos preveem a arrecadação de US$ 1,8 bilhão de dólares.

A longo prazo, o plano do presidente norte-americano Donald Trump é angariar US$ 16,6 bilhões em até 10 anos, por meio da venda de petróleo das SPS, que tem hoje 687,7 milhões de barris de petróleo em cavernas de sal e tanques localizados em pontos estratégicos no Texas e na Louisiana.

A proposta é pôr a venda de 270 milhões de barris das SPR – além da venda de 190 milhões de barris já prevista para o período 2017-2025 – durante dez anos. Contudo, a redução acabaria por deixar as reservas atuais em menos da metade, o que possibilitaria ao país pôr em risco a um instrumento de segurança que busca ajudar os EUA a enfrentar choques na oferta da commodity.

Quer mais notícias sobre a área de petróleo, gás, energias, gasolina, combustíveis, Petrobras, onshore e offshore? Acesse o portal da Panorama Offshore e lembre-se: seu negócio passa por aqui. Confira: www.panoramaoffshore.com.br   www.facebook.com/panoramaoffshore.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:


Deixe uma resposta