Estaleiro do Espírito Santo terá novas oportunidades

Por ter um dos estaleiros mais modernos do mundo, o Jurong, o estado ainda jovem na indústria naval, o Espírito Santo, ganhará mais oportunidades de retomada do setor de óleo e gás, a após a sanção da lei que desobriga a Petrobras a participar de todos os consórcios do pré-sal.

Segundo o superintendente regional da Organização Nacional da Indústria do Petróleo (ONIP), Evandro Milet, por ser extremamente novo e moderno, o estaleiro Jurong, pode gerar milhares de oportunidades, expectativas de leilões e fortalecimento de bens e serviços do setor privado.  A Technip, Imetame, Columbia e TecVix, por exemplo, são empresas que já atuam no estado e podem querer ampliar seus contratos.

“Vamos ter novas rodadas que podem beneficiar o Espírito Santo. Aparentemente, não está previsto o estado na rodada que tem para área de operação, mas, na parte de concessões e de petróleo em terra, deve ter coisa no Espírito Santo que o pessoal pode aproveitar”, declarou Milet.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta