Plano da Eletrobras não traz resultado esperado

A Eletrobras atingiu menos de 25% de sua meta esperada pelo PDV (Plano de Demissão Voluntária) implementado no começo deste ano. O plano atraiu 438 funcionários, quando a estimativa da estatal era reduzir 2.187 vagas no quadro de pessoal. As informações foram dadas pelo presidente da companhia, Wilson Ferreira Jr., em entrevista à agência Reuters.

O PDV, concluído em março, foi o primeiro proposto pela estatal neste ano. Devido ao baixo número de adesões ao plano, a expectativa é de que haja outras rodadas do programa até o final de 2019. A direção da companhia objetiva reduzir 2 mil trabalhadores da companhia até 2020, passando dos 14 mil funcionários atualmente para 12 mil.

Segundo a companhia, a diminuição no quadro de funcionários está altamente ligada com a redução de gastos, que pode chegar a R$ 4,2 bilhões ante os R$ 6,5 bilhões de 2016. Além do PDV, a estatal aposta também na venda de ativos a fim de alcançar a recuperação financeira da maior companhia de energia elétrica da América Latina.

Além dos programas de desligamento e venda de ativos, o governo federal estuda implementar na estatal um sistema de capitalização por meio da oferta de novas ações.

Fique atualizado sobre os principais acontecimentos nos setores de petróleo, gás, energias, onshore e offshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui! Acesse e confira em www.panoramaoffshore.com.br / www.facebook.com/panoramaoffshore / @panoramaoffshore



Deixe uma resposta