Estudo conclui que hidrelétrica causa impacto marinho

Um estudo realizado em conjunto entre a Universidade Federal do Pará (UFPA), Universidade Federal de Tocantins (UFT) e Universidade Estadual de Maringá (UEM), concluiu que o índice de mortalidade dos peixes de água doce é maior em trechos abaixo de hidrelétricas. Uma das conclusões da pesquisa é que o oxigênio da água é alterado devido à movimentação da usina.

Conforme os pesquisadores, apesar desse modelo de geração de energia ser considerado limpo e renovável, os cardumes são afetados pelos impactos que a hidrelétrica causa na água. Entre as possíveis consequências desse desequilíbrio está não somente o risco gerado à biodiversidade, mas também o impacto ambiental e socioeconômico para a população que depende da pesca.

A orientação é que as vistorias e os planejamentos sejam feitos de forma mais aprimorada. Uma melhor estruturação do que será feito, trará benefícios inclusive para a segurança da instalação

Fique por dentro do que acontece no mercado de petróleo e gás através da Panorama Offshore e obtenha informações e notícias de qualidade sobre petróleo, gás, energias, pré-sal, biocombustíveis, combustíveis, tecnologias, Petrobras e offshore e onshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui! Confira: www.panoramaoffshore.com.br / www.facebook.com/panoramaoffshore / @panoramaoffshore

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta