Etanol aumenta exportação no Centro-Sul do Brasil

Um dos aditivos da gasolina, o etanol anidro, teve exportação elevada de 231,7% na primeira quinzena de julho e avançou 19% desde abril, no Centro-Sul do Brasil, em comparação ao mesmo período de 2016. Dados apontam que as vendas externas de anidro das usinas da região contabilizaram 61 milhões de litros na primeira metade de julho, enquanto no ano passado esse volume foi de 18,39 milhões.

A recuperação das exportações de etanol anidro corrobora com a oportunidade de fechar as portas para a importação do combustível norte-americano. Por conta disso, a Secretaria Executiva da Câmara de Comércio Exterior (Camex) está decidindo sobre o aumento da tarifa de importação do etanol zero para 17%, a fim de, desta forma, conseguir frear a importação do etanol anidro dos Estados Unidos.

Como o fluxo comercial do biocombustível entre os dois países é livre de impostos, o crescimento nas importações do etanol anidro pelo Brasil no primeiro semestre, que foi de 388%, levou as usinas e produtores de cana a pedirem ao governo que aumentem o percentual do tributo.

Mantenha-se informado sobre tudo o que acontece no mercado de petróleo, gás, energias, gasolina, combustíveis, Petrobras, onshore e offshore? Acesse o portal da Panorama Offshore e confira: www.panoramaoffshore.com.br   www.facebook.com/panoramaoffshore. Lembre-se: seu negócio passa por aqui.



Um comentário em “Etanol aumenta exportação no Centro-Sul do Brasil

  • 31 de julho de 2017 em 15:39
    Permalink

    O aumento das importações levou as usinas e produtores de cana a pedirem ao governo que aumentem o percentual do tributo.

Deixe uma resposta