EUA prejudica negócios entre Cuba e Venezuela

O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos anunciou nesta quarta-feira (3) a imposição de sanções à empresa estatal cubana Cubametales pela contínua importação de petróleo venezuelano e apoio ao governo do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro.

“As sanções prejudicarão as tentativas de Maduro de usar o petróleo venezuelano como moeda de troca para comprar proteção de Cuba e de outros atores estrangeiros perversos”, acrescentou.

A Cubametales é responsável por garantir o total das importações e exportações de combustíveis de e para Cuba, segundo o governo dos EUA.

Como consequência desta medida, ficam congelados os ativos que a empresa tem sob jurisdição americana e ficam proibidas as transações financeiras com entidades americanas.

O Departamento do Tesouro ressaltou que desde janeiro de 2019, quando anunciou sanções contra a também estatal Petróleos de Venezuela S. A. (PDVSA), a Cubametales e outras entidades cubanas seguiram respaldando Maduro através de encomendas de petróleo da Venezuela.

Além disso, Washington indicou que tinha tirado de sua lista negra a empresa de transporte marítimo de petróleo PB Tankers S.P.A. (PB Tankers), com sede na Itália, depois do rompimento da relação comercial com a Cubametales.

Neste sentido, Mnuchin ressaltou que o desbloqueio à PB Tankers “é uma recordação de que as mudanças positivas de comportamento pode resultar no fim de sanções”.

Desde sua chegada à Casa Branca, em janeiro de 2017, o presidente dos EUA, Donald Trump, elevou a pressão sobre Caracas e aplicou sanções econômicas a mais de 100 funcionários venezuelanos e altos cargos próximos a Maduro, entre eles sua esposa, a primeira-dama Cilia Flores.

Além disso, mirou na principal fonte de renda da Venezuela, o petróleo, com sanções contundentes contra a PDVSA e pressionou com a revogação de vistos a funcionários venezuelano.

Acompanhe o portal da Panorama Offshore e tenha notícias de qualidade sobre o mercado de petróleo, gás, energias, pré-sal, biocombustíveis, combustíveis, gasolina, onshore e offshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui! Confira: www.panoramaoffshore.com.br / www.facebook.com/panoramaoffshore / @panoramaoffshore Fonte: R7

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

8 comentários em “EUA prejudica negócios entre Cuba e Venezuela

Deixe uma resposta