EUA quer ajudar Brasil a reformatar leilões

“Nós vimos o que aconteceu no último leilão, com os blocos. Nós entendemos, eu acredito que com bastante clareza, por que alguns investidores podem ter preferido ficar de fora”, afirmou Dan Brouillette, secretário de Energia dos EUA em entrevista neste último domingo (2). Após o megaleilão de direitos exploratórios ter frustrado expectativas, o governo americano afirmou que está disposto ajudar o Brasil a reformular os leilões.

No último embate, o governo brasileiro tentou vender quatro áreas offshore de produção de petróleo em licitação. A expectativa seria arrecadar 106,5 bilhões de reais, mas apenas duas das áreas atraíram ofertas e ambas de consórcios liderados pela Petrobras.

“Nós estamos prontos para ajudar, se assim quiserem ou precisarem, na formatação de novos leilões que possam ter resultados mais condizentes com os desejos do governo brasileiro”, completou Brouillette. O secretário está em uma visita oficial ao Brasil para celebração de uma colaboração em energia nuclear.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta