Expectativas de extensão de cortes da Opep valorizam petróleo

Conforme a Panorama Offshore vem divulgando nos últimos dias, possivelmente o cortes de produção de petróleo propostos pelos membros da Opep devem ser estender até depois de meados deste ano. A expectativa quanto essa continuidade tem feito o valor do óleo se recuperar.

O petróleo bruto West Texas Intermediate, nos EUA, com vencimento para abril, teve elevação de 1,3%, sendo negociado a US$ 48,32, o barril. Os contratos de petróleo para junho, na Bolsa de Futuros ICE (ICE Futures Exchange), em Londres, foram negociados a US$51,48 o barril.  Na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros de gasolina com vencimento em maio elevaram 1,2%, chegando a custar US$ 1,646 o galão, enquanto o óleo de aquecimento com vencimento em maio avançou US$ 0,017, sendo negociado a US$ 1,526 o galão.

Os membros da Opep acordaram no fim de 2016 em reduzir a produção de petróleo em cerca de 1,2 milhão de barris por dia nos seis primeiros meses do ano. Enquanto países produtores de fora do cartel concordaram em se juntar ao pacto e reduzir adicionalmente 600.000 barris por dia.

A Panorama Offshore informou anteriormente que em encontro ocorrido no Kuwait, com objetivo de avaliar o progresso do acordo global para redução da oferta de petróleo, um rascunho do comunicado afirmava que o comitê recomendou a extensão dos cortes por mais seis meses. Contudo, a decisão final deverá ser tomada em maio, após reunião entre o cartel e países de fora que acontecerá em abril.

Não deixe de acompanhar a Panorama Offshore e ficar por dentro de tudo que acontece no mercado de petróleo, gás, energias, pré-sal, combustíveis, gasolina, Petrobras, onshore e offshore. Lembre-se: seu negócio passa por aqui. Confira: www.panoramaoffshore.com.br   www.facebook.com/panoramaoffshore

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta