Exploração de petróleo na Amazônia aumenta expectativa de investimentos na região

A crise do petróleo que assola inúmeros países desvalorizou o preço do “ouro negro” no mercado mundial. No Brasil, a questão se agravou devido à crise política e aos casos de corrupção e desvio de verbas denunciados após investigações da operação Lava Jato, da Polícia Federal, que afetou de forma brutal a Petrobras, paralisando atividades, reduzindo investimentos na área e fazendo com que inúmeros trabalhadores perdessem seus postos de trabalho.

Contudo, apesar de tamanha “tragédia” para a economia nacional, “bons ventos” parecem florescer e o mercado internacional volta novamente seus olhos para o petróleo brasileiro, sobretudo em águas do norte do país, mas especificamente na Amazônia. A Petrobras realizou, em 1980, inúmeras pesquisas de petróleo e gás em Carauari, município às margens do Rio Juruá, a 786 km em linha reta de Manaus, mas desistiu do local e resolveu fixar seus trabalhos em Coari, que fica a 650 km da capital.

Com o início da perfuração do Buriti 1, primeiro poço da petrolífera Rosneft na Amazônia, aumentou a esperança dos moradores de Carauari, bem como da população em geral e da indústria do petróleo sobre o reaquecimento do setor de óleo e gás do Brasil. A petroleira russa detém os direitos de exploração em 16 blocos da Bacia de Solimões desde de 2015, após aquisição da PetroRio e até que novos blocos sejam leiloados, a Rosneft é a única empresa a buscar gás e petróleo na região Amazônica.

Os trabalhos da empresa começaram em fevereiro, mas sete novos poços devem ser perfurados até 2019, com é claro, licença do Ibama para preservação ambiental da fauna e flora. Com a chegada do grupo russo no município, os moradores de Curuari se enchem de expectativa com novas oportunidades de trabalho e investimentos na região, que tem atualmente um quatro de sua população vivendo em extrema pobreza, segundo apurou o Jornal O Globo.

Mas nem só os habitantes do Amazonas estão empolgados com a notícia. Os investimentos em petróleo na região aquecem o mercado nacional e, consequentemente, ajudam a recuperação da crise e melhora da economia brasileira. O que cresce a expectativa e reafirma a chegada de novos ventos.

Continue acompanhando a Panorama Offshore. Aqui, você obtém muitas informações sobre tudo o que acontece no mercado de petróleo, gás, energias, pré-sal, combustíveis, gasolina, Petrobras, onshore e offshore. Lembre-se: seu negócio passa por aqui. Confira: www.panoramaoffshore.com.br   www.facebook.com/panoramaoffshore.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE: