FPSO gera expectativas sobre setor de petróleo

Apesar do atual momento de crise e incertezas principalmente por conta da pandemia, a Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro), apontou que cerca de R$ 50 bilhões devem ser investidos no setor de petróleo nos próximos 3 anos. O investimento com previsão de gerar cerca de 63 mil empregos, se baseia na previsão de crescimento do setor que deve vir acompanhada do início das operações da FPSO Carioca (unidade flutuante de produção, armazenamento e transferência de petróleo e gás) que começaram na última segunda (23), no campo de Sépia, na Bacia de Santos.

Segundo projeções da EPE (Empresa de Pesquisas Energéticas), a expectativa é de que o Brasil terá um significativo crescimento no patamar de produção, produzindo cerca de 1,9 milhões a mais de barris por dia, tornando o país um dos cinco maiores exportadores de petróleo do mundo. Caso as previsões se cumpram, o Brasil será um dos maiores produtores fora do ambiente da OPEP (Organização dos Países Exportadores de Petróleo).

Fique por dentro do que acontece no mercado de petróleo e gás através da Panorama Offshore e obtenha informações e notícias de qualidade sobre petróleo, gás, energias, pré-sal, biocombustíveis, combustíveis, tecnologias, Petrobras e offshore e onshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui! Confira: www.panoramaoffshore.com.br / www.facebook.com/panoramaoffshore / @panoramaoffshore

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta