FUP informa que vai recorrer contra decisão judicial

A FUP (Federação Única dos Petroleiros), informou que vai recorrer da decisão dada pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), que favorece a Petrobras em uma ação movida pelos trabalhadores contra a empresa. A decisão do ministro derrubou a maior condenação trabalhista já imposta à estatal.

Para Deyvid Bacelar, coordenador geral da Federação Única dos Petroleiros (FUP), “é surpreendente que um tema dessa natureza e complexidade seja decidido de forma monocrática e durante o período de recesso do (STF)”.

A ação movida pelos empregados da estatal pedia o recálculo de um acordo coletivo de 2007, que concedeu adicional ao salário dos trabalhadores. A estimativa inicial era de que a Petrobras pagaria cerca de R$ 17 bilhões aos 51 mil funcionários e ex-funcionários em 47 ações coletivas, além de mais de 7 mil ações individuais.

Fique por dentro do que acontece no mercado de petróleo e gás através da Panorama Offshore e obtenha informações e notícias de qualidade sobre petróleo, gás, energias, pré-sal, biocombustíveis, combustíveis, tecnologias, Petrobras e offshore e onshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui! Confira: www.panoramaoffshore.com.br / www.facebook.com/panoramaoffshore / @panoramaoffshore

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta