Furacão Delta: EUA paralisa produção de petróleo

Empresas do ramo petrolífero retiraram trabalhadores em massa de instalações de produção offshore nos Estados Unidos em função do avanço do furacão Delta. O furacão deve atingir a costa do Golfo dos EUA neste final de semana, e é a décima tempestade a atingir o território em 2020, maior número desde 2016.

Na manhã desta quarta-feira (7), a tempestade tocou terra na costa caribenha do México como furacão de categoria dois, com ventos de até 175 km/h. A previsão é de que o furacão percorrerá Quintana Roo e Yucatán para retornar ao mar pelo Golfo do México e seguir para os EUA.
Até a última terça-feira (6), 57 unidades produtivas no Golfo do México tiveram suas equipes retiradas, paralisando a produção de 540 mil barris por dia (bpd) de petróleo e 232 milhões de pés cúbicos por dia de gás natural. A região corresponde a aproximadamente 17% da produção de petróleo dos EUA.

Neste ano, a produção de petróleo precisou ser paralisada diversas vezes durante a temporada de tempestades. A pandemia complica mais a situação, pois alguns trabalhadores são obrigados a ficar em quarentena em terra e fazer teste para o vírus antes de retornar.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta